16 Jan 2017 243
Clube do Sono
#adoroaminhacama #clubedosono

Para o comum dos mortais, "O inverno chegou!” é uma frase que se diz com muito pesar. "Que saudades do verão, dos dias curtos e noites na rua!” — dizem, com lágrimas nos olhos, só de pensar naquelas noites quentes em que mal punham os pés na cama. 

Mas os nossos dorminhocos não são o comum dos mortais. Não fazem parte desse clube onde o sono tem pouca importância e podia ser dispensado da rotina. 

Os dorminhocos são um grupo estranhamente satisfeito com a chegada do frio. Ficam felizes por poderem passar umas horas extra na cama, só por anoitecer mais cedo. Assim que chega o frio, o dorminhoco só quer hibernar e desaparecer entre os lençóis até à chegada da primavera.

Um dorminhoco feliz com a chegada do frio

Preparem as mantinhas e as almofadas; lavem as vossas meias quentes favoritas; aqueçam a botija de água quente; tirem o pijama quentinho e fofo que a avó vos deu no Natal e que têm vergonha de usar fora de casa. As noites frias vieram para ficar e há uma missão muito importante a cumprir. 

Vamos imaginar que os dorminhocos são espiões secretos com uma missão muito concreta: não permitir que nada se ponha entre eles e a sua cama. Eles vão fazer de tudo para evitar que o frio os ataque e não os deixe dormir tão quentinhos como eles gostam. Eles vão lutar com unhas e dentes por aquela hora extra na cama. 

Para quem ainda não se rendeu ao clube do sono, preparámos uma lista de ataque, infalível no combate às noites mais frias e aos lençóis mais gelados.

> Arejar colchões e mantas

A cama de um dorminhoco é o seu templo. Por isso, não há nada como mantê-la limpa de ácaros e de monstros que interferem com as noites de sono. Como o frio pede mantas, colchas de lã e lençóis de algodão, é importante manter os materiais arejados e limpos;

> Lavar a roupa de cama guardada

O pijama quentinho; as meias de lã compradas na Serra da Estrela; as pantufinhas com coelhos; a fronha de almofada favorita e os lençóis mais quentinhos do mundo. Se todas estas coisas estavam guardadas desde o inverno passado, lavem-nas para ficarem cheirosas e livre de ácaros e outros bichinhos que podem interferir com o sono.

> Limpar o pó do quarto

Um quarto limpo e arrumado é meio caminho andando para ter uma noite de sono mais tranquila, faça chuva ou faça sol. Aproveitem a chegada dos dias mais frios para se aquecerem e fazerem uma limpeza geral no vosso quarto: arrastem móveis, limpem debaixo da cama e da secretária. O vosso sono vai agradecer!

> Dar banho aos ursinhos de peluche

São adoráveis, quentinhos e todos os dorminhocos apreciam o prazer de dormir agarrado ao ursinho de peluche preferido. No entanto, não se esqueçam que os ácaros gostam tanto deles como vocês: é importante lavar os vossos peluches preferidos para não serem a causa das vossas alergias e noites mal dormidas.

> Luzes quentes, quarto mais confortável

A luz tem uma importância essencial no ambiente do quarto: quanto mais amarela e quente for, mais conforto e ambiente vai conferir ao vosso templo de sono. Especialmente para as noites mais frias, escolham uma luz quente e amarelada que vos transmita conforto e calma. 

> As maravilhas de um chá ou um copo de leite morno antes de dormir

Todos os dorminhocos sabem que ninguém consegue dormir de estômago vazio. Um snack antes de dormir, um chá para aquecer as mãos, os pés e a alma ou um copo de leite quente com uma colher de mel fazem maravilhas na hora de dormir!

Agora que já têm a lista essencial para combater o frio e serem felizes entre os vossos lençóis, preparem as mensagens de despedida para os vossos amigos. Despeçam-se da vida social, do ginásio, dos vossos pais e avós. O inverno chegou. Afinal, um dorminhoco também precisa de hibernar.

Gostar Partilhar