03 Mai 2016 12409
Clube do Sono
#adoroaminhacama #clubedosono #colchao #dicas
Quando se tem asma alérgica, os cuidados a ter com o quarto e com a cama são redobrados porque é onde dormimos que vivem os ácaros: os monstrinhos que tornam as noites dos alérgicos em autênticos pesadelos.

Se para nós a cama é o que nos faz tanto ansiar pelo final do dia, para os ácaros, a nossa cama é um hotel de 5 estrelas com SPA e comida à descrição! 

É o sítio perfeito para eles: a dieta destes insetos microscópicos resume-se a pelos, cabelos e pequenas escamas da nossa pele (que são os principais conteúdos do pó), e a sua casa de sonho é um ambiente húmido e quente – a descrição chapada da nossa cama quando dormimos nela.

Para além dos ácaros, existem outros males que perseguem os asmáticos, como o pólen, o bolor, os pelos de animais… Mas não se aflijam! Com alguns cuidados simples, a batalha contra a asma pode virar-se a nosso favor.

Tornar o quarto num escudo anti-alergias

Primeiro, temos de nos livrar do pó (que atrai os ácaros) e ter o mínimo de humidade possível no quarto, para não desenvolver fungos nem bolor:
  • Não adornar o quarto com demasiadas decorações e objetos (molduras, candeeiros, livros) que acumulam pó e dificultam a limpeza;
  • Evitar os tapetes, especialmente nas épocas de maior calor;
  • Quando se trata de crianças, ter o cuidado de manter os peluches livres de pó – podem embrulhar o peluche num saco de plástico e deixar no congelador durante uma noite para matar todos os ácaros;
  • Para as janelas do quarto, escolher cortinas em vez de persianas - as persianas são autênticos ímanes de pó;
  • Não usar almofadas ou edredons de penas, nem lençóis de flanela ou outros tecidos felpudos na cama – preferir materiais sintéticos e hipoalergénicos;
  • Não utilizar humidificadores;
  • Revestir o colchão, edredom e almofada com um resguardo – é mais fácil de lavar e mais higiénico;
  • Não deixar ninguém fumar dentro de casa;
  • Manter o quarto arejado e iluminado (atenção: nas épocas do pólen, abrir as janelas apenas quando necessário).

Arejar a cama diariamente

Depois de acordar, deixar a cama respirar por pelo menos 30 minutos antes de a fazer.

Virar o colchão de 15 em 15 dias e aspirá-lo

Faz bem aos dorminhocos, que se livram dos ácaros, e faz bem ao colchão, que dura muito mais tempo.

Substituir toda a roupa da cama semanalmente

Lavar com água quente (a pelo menos 55ºC) e secar na configuração mais alta. Aproveitem para arejar o colchão durante uma ou duas horas antes de voltar a fazer a cama.

Utilizar sempre um pijama lavado para dormir

Todos gostamos de um bom fim-de-semana preguiçoso em que nem chegamos a despir o pijama o dia inteiro, mas este pequeno deleite pode ser a receita para uma noite de espirros e comichões! Deixem um pijama lavado só para dormir e utilizem outra roupa confortável para estar em casa.

Mudar de almofada

Ao fim de 6 meses de utilização, cerca de 10% do peso da almofada pode ser de ácaros e fragmentos da nossa pele.
Acreditem que, com apenas alguns destes cuidados, acabam-se logo as comichões no nariz, as tosses noturnas e as crises de asma! Bastam pequenas adaptações na nossa vida e fica fácil ganhar a batalha contra os ácaros e as alergias.

Boas dormidas!
Gostar Partilhar