29 Mar 2016 374
#colchao #dicas
Pensam vocês: o que é que a primavera tem a ver com o meu precioso sono? Pois saibam que pode ter — e muito! 

Ácaros, os nossos companheiros das Alergias

O problema dos ácaros na primavera não é novidade para ninguém.
Aqueles bichinhos microscópicos que nos rodeiam por todo o lado, normalmente atacam em força na primavera.

E onde? Infelizmente, os ácaros gostam da cama tanto como nós e é nos colchões e nas almofadas que eles mais se acumulam.   Estes monstrinhos alimentam-se dos restos da nossa pele, pêlos e cabelos (não fiquem assustados, estamos a falar de uma escala microscópica) e gostam de locais quentes e com pouca luz, como é o caso da nossa preciosa cama.

Colchão sem Ácaros nem Alergias

Mas como conseguimos evitar que o nosso colchão acumule estes bichinhos tão pequenos que ninguém vê?
Como tornar a nossa cama num templo antialérgico de forma a que nunca interfira com o nosso preciso sono?  

— Evitem superfícies propícias para a acumulação de pó. Falamos de tapetes, carpetes, alcatifas e cortinas grossas;

— Se tiverem bonecos de peluche no quarto, também os podem remover nesta altura mais crítica para as alergias;

— Na cama, tanto o colchão como as almofadas devem ser de fibras artificiais. Evitem cobertores de lã, edredões de penas e lençóis de flanela;

— Prefiram um edredão sintético e lençóis de algodão como alternativa. Hoje em dia existem opções muito boas e de qualidade e vão ver que o conforto é o mesmo;

— Protejam o colchão e a almofada com capas anti-ácaros ou anti-alérgicas;

— A roupa da cama deverá ser lavada uma vez por semana a 60º e, se possível, ser estendida ao sol – sim, porque o sol é o principal inimigo dos ácaros;

— Aspirem o colchão de 15 em 15 dias e arejem bem o quarto pelo menos uma vez por semana, e se o puderem expor ao sol tanto melhor;

— A almofada acumula muitos monstrinhos. Procurem mudá-la com a regularidade aconselhada na etiqueta do fabricante – normalmente de 3 em 3 anos. Os protetores de colchão e almofada deverão ser adequados e fáceis de limpar;

— Não se esqueçam de ir virando o colchão a cada 15 dias;

— Não façam a cama assim que se levantarem para que possa arejar e não ganhar humidades - que são o ambiente perfeito para que os bichinhos se multipliquem!  

Se pretenderem uma solução mais rápida, saibam que nos últimos anos se têm desenvolvido alguns produtos químicos inofensivos para os dorminhocos que, depois de aplicados, fazem com que os ácaros percam o amor à sua cama e vos deixem em paz na hora de dormir.
Gostar Partilhar