07 Dez 2015 733
Clube do Sono
#clubedosono #dicas

Fazer com que o bebé ou um filho pequeno durmam bem — e a noite toda — é uma das tarefas mais difíceis que os pais e as mães enfrentam durante o crescimento. Por outras palavras, nem todos os dorminhocos tiveram uma relação fácil com o sono durante os primeiros anos de vida.

Para os pais, não se trata apenas de adormecer o filho. Trata-se de lhe ensinar, desde pequenino, que dormir é bom, faz bem e que ele é capaz de adormecer sozinho. 

Hoje em dia estima-se que 40% das crianças pequenas têm dificuldades para adormecer e podem estar relacionadas com alguns erros cometidos pelos pais. Querem descobrir o que podem estar a fazer de errado?

Erro 1: Deitar as crianças muito tarde

Um estudo recente indicou que as crianças de 2 anos dormem menos 40 minutos do que as crianças da mesma idade da geração anterior. O resultado é que os pequenos dorminhocos ficam mais despertos, acordam mais durante a noite, têm dificuldades para adormecer ou até para fazer a sesta.

A solução? 

Estabelecer uma hora para as crianças irem para a cama (e também para fazerem a sesta durante o dia) e cumprir esse horário. 

Não esperem que comecem a bocejar ou a esfregar os olhos de sono: coloquem-nos na sua cama antes disso. Nesta idade, 15 ou 20 minutos a mais de descanso podem fazer a diferença.

Não se esqueçam de cumprir as necessidades de sono do vosso filho de acordo com a idade. Bebés e crianças até 3 anos precisam de 11 horas de sono, e 12 quando não fazem a sesta. Eles não gostam de admitir, mas são uns grandes dorminhocos!

Erro 2: Ter demasiados estímulos à volta

Em vez de o acalmarem, os elementos do quarto do bebé têm muitas vezes o efeito contrário.

Cuidado com sons altos e cores muito intensas na decoração do quarto do bebé: quanto mais simples, melhor. E para as crianças mais velhas, é melhor tirar o excesso de brinquedos e peluches da cama.

Erro 3: Não seguir um ritual na hora de dormir

É mais fácil para uma criança pequena seguir a mesma rotina todos os dias. 

Banho, comer, ouvir uma história ou uma música… O simples facto de existir uma rotina para a hora de dormir vai ajudar a acalmar o bebé. Não importa a idade; a rotina ajuda a dar pistas que é hora de acalmar e de se render ao sono.

Erro 4: Não criar regras sobre a cama

Para além da rotina do sono, é importante criar regras sobre o lugar de dormir, o quarto e a cama dos pais. 

Expliquem ao vosso pequeno dorminhoco que tem de dormir na cama dele, todos os dias. 

Claro que existem excepções: se ele está doente, se houver uma tempestade forte… Mas é preciso regressar à rotina e deixar bem claro que cada um tem o seu espaço para descansar.

Há muitas "regras” e normas que os pais devem cumprir para ensinar os filhos a dormir. A maior parte baseia-se sempre na mesma rotina, para que a criança saiba o que esperar na hora de se preparar para dormir! 

Gostar Partilhar