25 Fev 2016 253
Clube do Sono
#alimentacao #dicas

Dorminhocos ou não, todos sabemos a importância de uma boa noite de sono. O que nem todos sabemos é que dormir bem ou dormir mal é influenciado por substâncias químicas no nosso corpo.

Quais são as substâncias que influenciam o sono?

Existem algumas substâncias que favorecem (ou prejudicam) o trabalho do corpo durante o sono. Preparados para conhecer quais são?

Triptofano

Uma vez presente no corpo, esta substância aumenta a produção de seratonina, conhecida como a hormona do bom humor, que tem um poder sedativo e ajuda a melhorar a qualidade do sono.

Podem encontrar esta substância em carnes magras, peixes, leite e iogurte desnatado, queijo branco e magro, nozes, bananas e leguminosas. 

Insulina

Podem não saber, mas esta substância também tem um papel importante no padrão do sono. A hipoglicemia, ou baixa quantidade de açúcar no sangue, é mais recorrente à noite porque é quando não comemos. 

O que acontece na prática? Quando o nível da glicose cai, a adrenalina é libertada como uma fonte secundária de energia. Sabem aquela sensação depois de terem andado numa montanha russa? É com essa sensação que ficam quando os açucares estão baixos — e não conseguem dormir.

Carboidratos

Os carboidratos favorecem o aumento dos níveis de insulina, que por sua vez ajudam na limpeza dos aminoácidos que circulam no sangue. 

O pão, cereais, biscoitos, massas, arroz, frutas, legumes e granola são algumas das fontes principais desta substância. 

Não tenham medo de arriscar: os especialistas avisam que uma alimentação pobre em carboidratos pode levar a alterações de humor e, em casos extremos, a uma depressão química.

Vitamina B6 e magnésio

Estes são outros nutrientes essenciais para que o organismo esteja em paz. A vitamina B6 está presente no frango, atum, banana, cereais integrais e levedura de cerveja. Já o magnésio, podem encontrá-lo em alimentos como o tofu, soja, caju, espinafres, aveia e arroz integral.

Para além de saber o que fazer, é bom ter consciência de que tipo de alimentos é preciso evitar. Se a vossa ideia é deitar e relaxar, não exagerem na quantidade de alimentos e na ingestão de comidas gordurosas! 

Gostar Partilhar